Alterações de Biotipo na Origem das Doenças

Dentre os diversos métodos de cura, autocura e terapias alternativas, o Ayurveda se destaca e sobressai, e se você está lendo essa matéria é por que já tem alguma ideia disso. E esse destaque não quer dizer que o Ayurveda seja melhor ou mais eficiente nos mecanismos e ferramentas de cura e autoconhecimento, mas unicamente que a Terapia Ayurvédica possui uma linguagem extremamente simples e direta. Essa é uma das razões dessa corrente de pensamento ter crescido com tanta força nos últimos anos no Brasil e na América Latina, e o principal motivo de mais pessoas procurarem aplicar o Ayurveda no dia a dia.

 


Meditação é a maior aventura que a mente humana pode empreender. Aproveite e permita-se à essa oportunidade de aprender de forma simples e fácil as etapas necessárias para se meditar adequadamente. Curso de Meditação 100% online, com áudios de suporte e acesso a uma comunidade engajada e acolhedora. Acesse aqui e inicie a sua jornada.


INDIVIDUALIDADE E SAÚDE

Dentro do conceito Ayurvédico, tudo pode ser remédio e tudo pode ser veneno, dependendo do biotipo (dosha) da pessoa que recebe. Dosha é a combinação da atuação dos cinco elementos na fisiologia do indivíduo,  e se você ainda não está familiarizado com o conceito de Dosha, veja essa matéria, e aproveite para fazer sua ficha de pré-diagnóstico.  Baseando-se nos doshas Vata, Pitta e Kapha pré-determinados como movimentos ou dinâmica dos humores biológicos, temos o conceito de Prakriti e Vikriti (transliteração facilitada das palavras em sânscrito), também essenciais para traçar a linha da terapia a ser trabalhada.
const

ALTERAÇÕES DE CONSTITUIÇÃO

Segundo os textos milenares em que se baseia o Ayurveda, todos nós nascemos com uma constituição (dosha) essencial e original, que é chamado de Prakriti, determinado na concepção e influenciado pela condição dos pais. Essa constituição possui o caminho ideal para o nosso corpo e para a nossa mente, como se cada um de nós nascesse com o biotipo ideal para enfrentar os desafios que a vida nos determinará. Porém, muitos fatores colaboram para a alteração dessa constituição essencial, tais como mau uso dos sentidos, má alimentação, sono insuficiente, entre outros. O próprio ambiente contaminado em que vivemos (alta competitividade no trabalho, intolerância dentro da própria casa, uso massivo de agrotóxicos nos alimentos) e os péssimos hábitos modernos que nos são ensinados desde a infância, já são suficientes para alterar o nosso dosha de formas diferentes para cada indivíduo. Quando um indivíduo possui o dosha alterado durante a vida, o seu corpo realiza mudanças fisiológicas para sobreviver e se manter funcional, e a partir dessas mudanças muitos estados patológicos podem se desenvolver.

CONHECER A ORIGEM DA DOENÇA

Quando esse biotipo se altera, criamos o estado de desequilíbrio atual, chamado de Vikriti. Nossa Vikriti é uma composição dos doshas e comportamento dos elementos do nosso corpo já em um situação que tende á doença, um desequilíbrio que está e continuará gerando problemas e doenças, a não ser que a mudança seja detectada e revertida. E esse é o papel simples e difícil do Terapeuta Ayurvédico frente a um paciente. O terapeuta têm que, essencialmente, diagnosticar com o máximo de precisão o estado atual de desequilíbrio (Vikriti), para conseguir os “antídotos” para esse desequilíbrio, não guardando foco para sintomas e sinais, mas sim para a alteração original que gera todo o quadro problemático. Num quadro de sucesso do método terapêutico aplicado, o paciente terá seu biotipo atual revertido o máximo possível para a sua constituição original, de nascença,  recriando um estado de saúde. E, mesmo que esse estado não seja de perfeito equilíbrio, os desequilíbrios que surgirem a partir daí serão melhor assimilados, digeridos e revertidos pelo próprio corpo. O sistema de autocura se restaura.
Natural medicine, herbs, mortar
Sim, estamos aqui simplificando bastante o trabalho e a visão do terapeuta. Há muito o que se considerar e o que trabalhar para um diagnóstico eficiente, principalmente a coleção de subdoshas de cada estrutura corporal, onde é possível analisar os doshas aumentados ou diminuídos em órgãos importantes do nosso corpo, possibilitando um trabalho mais preciso e eficiente. Em artigos futuros continuaremos a falar de Prakriti, Vikriti, doshas e subdoshas, ainda incluindo conceitos como Gunas e muitos outros. Acompanhe o nosso blog, e dê a sua opinião para ajudar leitores, terapeutas e curiosos a percorrer o caminho que leva à saúde integral.

✔️ Produto adicionado com sucesso.